sexta-feira, 14 de julho de 2017

Após "gambiarra" em peça, STR é liberada pela FIA para correr em Silverstone

Após


Nesta quinta-feira, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) pediu explicações à STR após o carro de Carlos Sainz ser reprovado na inspeção de rotina que a entidade faz nos carros antes das provas. De acordo com os comissários, havia danos em cabos que impedem que a roda se solte do veículo em caso de acidente, incluindo fibras emendadas com nós. O que se sabe é que, na ocasião, o time se recusou a fazer os reparos necessários, daí ter sido convocado a prestar esclarecimentos à entidade. Contudo, ao que tudo indica, as alterações já foram feitas. Com os comissários satisfeitos, o time italiano está liberado para disputar o GP da Inglaterra. Confira o comunicado da Federação na íntegra.
Comunicado da FIA (Foto: Reprodução)
Comunicado da FIA (Foto: Reprodução)
Comunicado da FIA (Foto: Reprodução)
Os comissários receberam um relatório do Delegado Técnico que indicava, após inspeção primária, que o carro 55 estava com um cabo de fixação da roda danificado.
Após convocar e ouvir o time em questão (STR) e receber uma carta do fabricante do cabo de fixação da roda os fatos são:
1 - O carro apresentado na inspeção primária não estava de acordo com o regulamento pelos seguintes motivos:
a. A proteção dos cabos não deveria estar danificada, o que não era o caso
b. Havia sinais de poeira, que pode ser oriunda do freio, mas que não é bom para as fibras.
c. As fibras dos cabos tinham sinais de desgaste
2 - Sendo assim, o carro poderia passar na inspeção caso as alterações não fossem feitas.
3 - Os comissários estão convencidos de que o time não tentou enganar os inspetores.
4 - A parte relevante foi substituída pelo time e o carro passou na inspeção.
Um outro problema considerado pelos comissários foi a presença de nós nos cabos. Os comissários foram informados pelo time e pelo fabricante que os nós eram parte padrão em cabos deste tipo, que foram testados exaustivamente e homologados com os nós presentes.
A FIA, na tentativa de promover a segurança no automobilismo, fará uma revisão do processo de fabricação dos cabos que prendem as rodas.
Carlos Sainz  (Foto: Getty Images)Carlos Sainz  (Foto: Getty Images)
Carlos Sainz (Foto: Getty Images)



Fonte:Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página

Arquivo do blog