segunda-feira, 17 de julho de 2017

Adolescente suspeito de matar a mãe se apresenta à polícia

Vítima havia deixado de trabalhar para cuidar do filho que apresentava problemas psicológicos
Vítima havia deixado de trabalhar para cuidar do filho que apresentava problemas psicológicosReprodução / RecordTV Minas
O adolescente, de 17 anos, suspeito de matar a mãe, na última sexta-feira (14), se apresentou à polícia, em Belo Horizonte. A advogada foi encontrada morta, pelo marido, dentro de casa, no bairro Tirol, na região do Barreiro.

Segundo informações da polícia, Rachel Alves Peixoto Rodrigues, de 48 anos, estava amordaçada e amarrada com fita crepe e usava uma espécie de máscaras. Além disso, no local foram encontradas revistas que mostram uma espécie de rituais de sacrifícios humanos. Nas publicações há imagens de pessoas sendo mortas e o aviso de que as cenas são fortes. Segundo Sidney Ferreira, marido da vítima, o enteado tinha problemas mentais e tomava remédios controlados.

— Ele é muito calado. Na escola, a professora falou que ele é um rapaz sempre quieto e calado.
Ferreira contou que estava no trabalho quando teve um mau pressentimento. Ao chegar em casa, não viu a mulher, mas desconfiado, resolveu arrombar a janela do quarto do enteado, onde encontrou o corpo da advogada caído, já sem vida. Segundo a família, Raquel tinha deixado de trabalhar pra cuidar do filho. Quando a polícia chegou no local, o jovem não estava em casa. Ele havia desaparecido sem dar notícias. O caso sendo investigado. Após se apresentar, com o pai, o jovem foi levado para Ceip (Centro de Internação Provisória) Dom Bosco, na região leste de Belo Horizonte.


Fonte:R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página

Arquivo do blog