segunda-feira, 17 de julho de 2017

“A Escrava Isaura” lidera audiência em Goiânia; final da trama cria expectativa no público

 Duh Secco

Bianca Rinaldi como Isaura, protagonista de “A Escrava Isaura”, da Record.
Bianca Rinaldi como Isaura, protagonista de “A Escrava Isaura”, da Record
Surpreendentemente, a reprise de “A Escrava Isaura” emplacou em todo o país, mesmo tendo vindo na sequência de uma trama inédita e de contexto semelhante – “Escrava Mãe” –, num dos horários em que a disputa por audiência é bastante acirrada.
Com média de 10,2 pontos na Grande São Paulo, a adaptação de Tiago Santiago para o romance de Bernardo Guimarães chegou a liderar a audiência em Goiânia no último dia 7, com 17 pontos contra 15,3 da segunda colocada (Globo) e 12,2 da terceira (SBT). A afiliada da Record comemorou o feito no Instagram.
“A Escrava Isaura” entra agora em sua última semana – o capítulo final será exibido na próxima segunda-feira (24). A protagonista, Isaura (Bianca Rinaldi), encontra-se presa, acusada do assassinato de Leôncio Almeida (Leopoldo Pacheco), senhor de escravos que a perseguiu durante toda a narrativa.
Agora, cria-se a expectativa em torno da identidade do verdadeiro criminoso. Em 2004, época da exibição original, a Record gravou quatro desfechos diferentes, já foram veiculados em transmissões anteriores: o jardineiro Belchior (Ewerton de Castro), o capataz Chico (Jonas Mello), a escrava Rosa (Patrícia França) e a viúva Malvina (Maria Ribeiro).




Fonte:RD1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página

Arquivo do blog