domingo, 31 de julho de 2016

Ruim para todos: Coelho não volta a vence, e Grêmio se distancia da ponta

A imprevisibilidade do Campeonato Brasileiro foi, mais uma vez, reforçada na noite deste domingo, no Independência. Quem esperava a superioridade do Grêmio, postulante ao primeiro lugar, diante do lanterna América-MG, viu a expectativa cair totalmente por terra. Em uma de suas melhores atuações na competição, o Coelho dominou o jogo, ofereceu poucas chances ao adversário, mas não conseguiu transformar a superioridade em gols. O jogo ficou no 0 a 0 e não foi bom para ninguém.
Lance de América-MG x Grêmio, no Independência (Foto: Reprodução / Premiere)América-MG foi superior na partida, mas não conseguiu traduzir chances em gols (Foto: Reprodução / Premiere)

O América-MG chegou aos nove pontos, não conseguindo encurtar, como poderia, a distância para o Cruzeiro, vice-lanterna com 15 e que perdeu para o Santos na rodada. Já o Grêmio deixou de vencer e ficou mais longe da briga pela liderança: caiu de terceiro para o quarto para o lugar, com a vitória do Peixe. 
No meio de semana, novamente as equipes entram em campo pelo Brasileiro, em sua 18ª rodada. Na quarta, o Coelho visita o Sport, às 19h30 (de Brasília), na Ilha do Retiro. No dia seguinte, o Grêmio recebe o Santa Cruz, em sua Arena, às 19h30.
O jogo
No primeiro tempo, o que quase ninguém esperava aconteceu: o América-MG foi superior. Com seis mudanças em relação ao time que foi derrotado pelo Fortaleza por 4 a 1, na Copa do Brasil, o Coelho mostrou mais disposição e organização em campo. Com boa atuação de seus dois laterais, Jonas e Gilson, e com Matheusinho como o cabeça, a equipe deu trabalho ao Grêmio, que precisava da vitória para continuar na luta pela liderança. O time gaúcho pouco conseguiu impor seu ritmo de jogo, tendo dificuldades nas triangulações. O resultado foi injusto ao final da primeira etapa, já que os donos da casa foram superiores.
Lance de América-MG x Grêmio no Independência (Foto: Reprodução / Premiere)Placar final não foi bom para nenhuma das equipes (Foto: Reprodução / Premiere)
Na segunda etapa, o Grêmio voltou melhor, tendo mais espaço para criar chances de perigo ao gol de João Ricardo. O América-MG afrouxou a marcação no meio de campo e deu mais espaço para o Grêmio triangular. Entretanto, as melhores chances continuaram ainda sendo do time da casa, principalmente com Osman e Michael.
Aos 30 minutos, Edilson deu um carrinho perigoso em Osman e foi expulso direto. Com um a mais, o Coelho foi para cima, em busca da terceira vitória, mas esbarrou na questão física e na organização defensiva do Grêmio para voltar a vencer, após sete derrotas seguidas. O time volta a pontuar, mas continua em situação crítica. O Tricolor continua na briga pelos primeiros lugares.

Fonte:Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog