quarta-feira, 29 de junho de 2016

Grêmio marca no final, vence Santos na Arena e encosta no líder

Grêmio e Santos proporcionaram na noite desta quarta-feira um daqueles jogos dignos de se ver. Em um duelo intenso, em que as duas equipes deram aula de bom futebol, o Tricolor gaúcho se deu melhor e acabou vencendo por 3 a 2, em jogo válido pela 12ª rodada do Brasileirão.  

Giuliano e Douglas abriram 2 a 0 na primeira etapa, mas o Peixe reagiu com Copete e Zeca, no tempo complementar. Quando a partida parecia que iria encerrar empatada, Marcelo Hermes garantiu a vantagem gremista nos descontos. 

Com a vitória, o Grêmio sobe para a segunda colocação, com 21 pontos, e seca o Corinthians para não ser ultrapassado ainda na rodada. No próximo domingo, 11h, encara o clássico Gre-Nal no Beira-Rio. O Santos, por sua vez, é quinto, com 19 pontos. 
Grêmio marca contra o Santos na Arena (Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG)Grêmio marca contra o Santos na Arena (Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG)

Assim que o árbitro sinalizou o apito inicial, o Grêmio mostraria um ímpeto alucinante, embalado pelo garoto Everton. Tanto que, logo aos dois minutos, o clube gaúcho tiraria o zero do placar. O meia-atacante arriscou de fora da área, enquanto Vanderlei cedeu o rebote. Aí ficou fácil para Giuliano bater cruzado: 1 a 0. 
Com a vantagem, o time de Roger Machado se condensou no campo defensivo, fechando as linhas e as portas para uma reação dos comandados de Dorival Júnior. Com menor posse de bola, somente saía na boa. Em um desses lances, praticamente um repeteco do primeiro tempo. Novamente Everton arriscou de longe e, desta vez, Douglas pegou a sobra para estufar as redes. 
Só que o Santos venderia caro essa derrota parcial. Para a segunda etapa, Dorival sacou Vitor Bueno e colocou o recém contratado Copete, o que melhorou a produção da equipe paulista. Mesmo assim, foi o Grêmio que teve as duas primeiras chances de marcar, com Everton e Giuliano, respectivamente. 
Gabigol já havia testado Marcelo Grohe, quando o Santos descontou na base da bola aérea. Após cobrança de escanteio, Copete balançou as redes. Depois, foi a vez do lateral olímpico Zeca aplicar um belo chute de fora da área e deixar tudo igual. A partida parecia que encerraria em 2 a 2, quando Marcelo Hermes, que havia entrado na segunda etapa, iniciou e finalizou a jogada para fechar o marcador, para satisfação dos gaúchos na Arena e tristeza dos paulistas. 

Fonte:Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog